< Voltar

Indique a um amigo 

 

Um Vinho do Porto de consumo diário, e pronto para ser bebido.


Castas

Essencialmente as 5 variedades clássicas de Vinho do Porto: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinto Cão.


Vinificação

A fermentação ocorre em cubas de inox na Quinta, esmagadas com desengace parcial: a manta sólida flutuante de películas e engaços é misturada com o mosto para extrair o máximo teor de aromas, cor e paladares. Quando os níveis ideais de açúcar residual são atingidos, o vinho novo é fortificado adicionando aguardente vínica, parando a fermentação alcoólica e preservando os açucares naturais da uva.


Maturação

Uma média de 3 a 4 anos em balseiros (com capacidade de 65.000 litros), de castanho e carvalho nacional. O vinho é ligeiramente filtrado e engarrafado na Quinta de Ventozelo.

 

Colheitas

Todos os anos, uma nova loteação é feita mantendo as características e estilo do vinho.

 

Notas de Prova
Aspecto: Cor Ruby
Nariz: Frutos secos com notas de baunilha deixadas pelo envelhecimento em tonéis.
Boca: Taninos suaves e frutas vermelha.

 


Sugestões

As garrafas deverão ser armazenadas tombadas num lugar fresco (12 a 14ºC) fora de alcance da luz direta. Deve ser servido a uma temperatura de 17 a 18ºC. Em tempo quente, pode ser refrescado e ser bebido e não melhorará na garrafa. Prazo de consumo recomendado após abertura é de 15 a 30 dias.


Produção total: 75.000 garrafas (750 ml)
Alc/Vol: 20%
Acidez total: 4.13 g/l

PH: 3.50

Açúcar residual: 99 g/l

 

Prêmios